Braga é candidata a Capital Europeia da Cultura 2027.

    Braga é candidata a Capital Europeia da Cultura 2027.

    A cidade com dois mil anos de História é uma das mais jovens da Europa.

    Conhecemos Braga pelo seu património ou pela inovação? Pela sua relação com o rural ou pela tecnologia?

    É a cidade do Barroco e do Romano. Admiramos as suas igrejas, saímos à rua nas suas festas, trazemos na voz o seu folclore.

    Em Braga ouvem-se os sinos, as braguesas e os cavaquinhos, as malhas sujas de guitarras e os impulsos sincopados de sintetizadores.

    Braga é tudo o que lhe conhecemos. E hoje ousamos pensar, com os seus habitantes, que esta cidade pode ser ainda outra coisa.

    Esta cidade transforma-se a partir dos pensamentos e desejos de quem a habita, e tem a cultura na base do seu desenvolvimento.

    Não sabemos se seremos Capital Europeia da Cultura, mas sabemos que em 2027 Braga será o que nós quisermos hoje.

    Não sabemos se seremos Capital Europeia da Cultura, mas sabemos que em 2027 Braga será o que nós quisermos hoje.

    Estamos a trabalhar nesta candidatura desde 2018.

    Através da Braga Cultura 2030, fizemos consultas à população bracarense, organizámos atividades pensadas para envolver a comunidade , conversámos com artistas, agentes culturais, associações, comerciantes, cidadãos anónimos e bracarenses de diversas áreas de intervenção . Tudo para reunirmos as vozes da cidade e com elas prepararmos uma estratégia cultural para a década de 2020–2030. Porque se o motor desta estratégia é a preparação da candidatura a Capital Europeia da Cultura, a nossa missão maior é mudar numa década a face cultural de Braga.

    Reveja ou descubra este processo no site da Braga Cultura 2030.

    O que estamos a fazer?

    2018 No princípio vimos e ouvimos. Mapeamento, identificação e auscultação do tecido cultural do território. Sinalização de espaços, eventos e agentes da cidade. Apresentação da marca Braga Cultura 2030 e preparação da estratégia cultural da cidade para a década 2020-2030.
    2020 Colocamos as ideias no papel. Elaboração do documento provisório da Estratégia Cultural de Braga 2020-2030, a partir dos contributos dos cidadãos. Partilha do documento para consulta pública e contributos. Revisão e divulgação da versão final do documento. Apresentação oficial da candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura 2027.
    2019 Seguiram-se os dias das conversas. Auscultação à população de Braga sobre o presente e futuro da cultura da cidade. Programa de atividades de envolvimento comunitário dirigido a diferentes públicos.
    2021 Somos oficialmente candidatos! Entrega do dossier de candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura 2027.
    2022 Pré-seleção do júri internacional. A pré-seleção tem lugar no primeiro trimestre de 2022. As cidades que continuam na corrida têm oportunidade de melhorar o Dossier de Candidatura, com base no relatório do júri, até à fase final de seleção.
    2022/2023 Decisão final. O júri recomenda uma cidade portuguesa para ser Capital Europeia da Cultura 2027.
    2023-2027 Preparar o grande ano. Após a decisão final do júri internacional seguem-se anos intensos de preparação das cidades vencedoras para, gradualmente, se transformarem na cidade que projetaram para 2027. Durante estes anos de muito trabalho, há um acompanhamento regular por parte do júri internacional para verificar que tudo está a ser feito de acordo com o dossier de candidatura.
    2028 O que fica desta festa? Relatório e avaliação dos efeitos e legado da Capital Europeia da Cultura na cidade e na região.
    2027 Capital Europeia da Cultura em Portugal e na Letónia.
    Uma das cidades portuguesas candidatas será, juntamente com uma cidade da Letónia, Capital Europeia da Cultura 2027.

    O que estamos a fazer?

    No princípio vimos e ouvimos. Mapeamento, identificação e auscultação do tecido cultural do território. Sinalização de espaços, eventos e agentes da cidade. Apresentação da marca Braga Cultura 2030 e preparação da estratégia cultural da cidade para a década 2020-2030.
    Seguiram-se os dias das conversas. Auscultação à população de Braga sobre o presente e futuro da cultura da cidade. Programa de atividades de envolvimento comunitário dirigido a diferentes públicos.
    Colocamos as ideias no papel. Elaboração do documento provisório da Estratégia Cultural de Braga 2020-2030, a partir dos contributos dos cidadãos. Partilha do documento para consulta pública e contributos. Revisão e divulgação da versão final do documento. Apresentação oficial da candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura 2027.
    Somos oficialmente candidatos! Entrega do dossier de candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura 2027.
    Pré-seleção do júri internacional. A pré-seleção tem lugar no primeiro trimestre de 2022. As cidades que continuam na corrida têm oportunidade de melhorar o Dossier de Candidatura, com base no relatório do júri, até à fase final de seleção.
    Decisão final. O júri recomenda uma cidade portuguesa para ser Capital Europeia da Cultura 2027.
    Preparar o grande ano. Após a decisão final do júri internacional seguem-se anos intensos de preparação das cidades vencedoras para, gradualmente, se transformarem na cidade que projetaram para 2027. Durante estes anos de muito trabalho, há um acompanhamento regular por parte do júri internacional para verificar que tudo está a ser feito de acordo com o dossier de candidatura.
    Capital Europeia da Cultura em Portugal e na Letónia.
    Uma das cidades portuguesas candidatas será, juntamente com uma cidade da Letónia, Capital Europeia da Cultura 2027.
    O que fica desta festa? Relatório e avaliação dos efeitos e legado da Capital Europeia da Cultura na cidade e na região.